Buscar
  • Dr Heli Souza

Embolia Pulmonar: quando coração e pulmão sofrem juntos

Atualizado: 4 de Ago de 2019


Esquema explicativo: coágulos nas veias param no pulmão e causam a doença


Tromboembolismo Pulmonar


💡 Tromboembolismo Pulmonar (ou TEP) ocorre quando coágulos interrompem o fluxo de sangue das artérias dos pulmões. A doença é muito grave, e pode levar a morte súbita. É uma doença tanto do coração quanto dos pulmões. 🚿 É como se o encanamento da sua torneira entupisse: o sangue bombeado pelo coração não chega nos pulmões, o pulmão sofre sem o sangue e o coração sofre por ter que fazer mais força para vencer a resistência imposta pela obstrução. ℹ️ Na maioria dos casos esse coágulo se inicia nas veias das pernas e se desloca através da circulação até atingir os vasos dos pulmões. 🗯️ Os sintomas mais comuns são falta de ar, dor no peito e tosse (muitas vezes tosse com sangue). Se a trombose começar nas pernas, pode haver inchaço de uma das pernas e muita dor. ⚠️ O diagnóstico e tratamento são uma urgência médica! Se o tratamento não for iniciado rapidamente, o risco de morte é alto. 💊O tratamento é feito com anticoagulantes, que fazem o sangue não formar novos coagulos e permitem que os coágulos dos pulmões e das veias do corpo sejam absorvidos e a circulação volte ao normal. Nós médicos costumamos falar que os remédios usados no tratamento "afinam o sangue", resolvendo em algumas semanas os coágulos. ⏳ O tempo de tratamento varia: depende dos fatores que levaram a pessoa a ter a trombose e de como foi o episódio da embolia. Em alguns casos o médico pode indicar tratamento por apenas 3 meses, em outros é necessário indicar o uso do anticoagulante por toda a vida. ✅ Para evitar a trombose evite fumar, evite se manter acima do peso e tenha uma vida mais ativa se movimentando mais.

✒️ Se você tem suspeita de TEP ou foi diagnosticada com embolia pulmonar, vamos fazer algumas coisas muito importantes na consulta: entender porquê você teve a doença, planejar como vai ser o tratamento (qual medicamento e por quanto tempo), e deixar claro o que fazer para que não aconteçam novos episódios.


Até logo,

Dr Heli Souza

0 visualização